Apresentação
 
Lucas Simões desenvolve obras em suportes como fotografias, concreto, papel e silicone. Sempre partindo de uma perspectiva arquitetônica, em suas séries Abismo e Corpo de Prova, relaciona as ambições e frustrações da arquitetura moderna. Lucas realiza através das suas obras uma conversa entre a densidade de materiais rígidos e a sutileza de outros como o papel, criando a possibilidade de uma conversa mais íntima entre eles.
Obras
Biografia

Lucas Simões [Catanduva, Brasil, 1980. Vive e trabalha em São Paulo, Brasil], é Bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela PUC-Campinas, Campinas, Brasil. Exposições individuais selecionadas: Durmientes, Galeria Pelaires, Palma de Mallorca, Espanha [2021]; Drawing Tense, Blouin Division, Montreal, Canadá [2021]; Awaiting Masses, Patron Projects, Nova York, EUA [2019]; Ressaca, Casa Triângulo, São Paulo, Brasil [2018]; Corpos de Prova, Pasto Gallery, Buenos Aires, Argentina [2017]; White Lies, Lora Reynolds Gallery, Austin, EUA [2017] e Deserto, Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães, Recife, Brasil [2014] entre outras. Exposições coletivas selecionadas: Panta Rei, Anna Mara, Roma, Itália [2021]; Theory of Prose, Arsenal Contemporary Art New York, Nova York, EUA [2021]; Experimentando Le Corbusier — Interpretações Contemporâneas do Modernismo, Museu Oscar Niemeyer, Curitiba, Brasil [2019]; A Thousand Roaring Beasts: Display Devices for a Critical Modernity, Centro Andaluz de Arte Contemporáneo, Sevilha, Espanha [2017] e Mensagens de Uma Nova América, 10ª Bienal do Mercosul, Porto Alegre, Brasil [2015] entre outras. Prêmios: Prêmio Foco Art Rio [2013]; Salão de pequenos formatos da Amazônia — UNAMA [2010] e Prêmio Citi Novos Artistas [2009]. Coleções públicas: Museu de Arte Contemporânea da USP, São Paulo, Brasil; Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil; Coleção Itaú de Fotografia Brasileira, São Paulo, Brasil e Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil.

exhibitions
Notícias
Art Fairs