JULIANA CERQUEIRA LEITE - ALGORITMO CÓSMICO

JULIANA CERQUEIRA LEITE
ALGORITMO CÓSMICO

Juliana Cerqueira Leite participa da exposição virtual coletiva Algoritmo Cósmico, com curadoria de Icaro Ferraz Vidal Junior, na Zipper Galeria em São Paulo, Brasil.

VÂNIA MIGNONE E IVAN GRILO - LÍNGUA SOLTA

VÂNIA MIGNONE E IVAN GRILO
LÍNGUA SOLTA

Os artistas Ivan Grilo e Vânia Mignone participam da coletiva Língua Solta, com curadoria de Moacir dos Anjos e Fabiana Moares no Museu da Língua Portuguesa em São Paulo, Brasil. 

DARÍO ESCOBAR - BALLS

DARÍO ESCOBAR
BALLS

Darío Escobar participa da exposição coletiva Balls, na OOF Gallery em Londres, no Reino Unido. 

 

https://www.oofmagazine.com/oof-gallery

MANUELA RIBADENEIRA  - THE GARDEN OF UNEARTHLY DELIGHTS

MANUELA RIBADENEIRA
THE GARDEN OF UNEARTHLY DELIGHTS

Manuela Ribadeneira participa da exposição coletiva The Garden of Unearthly Delights, com curadoria de Maria do Carmo M. P. de Pontes na Elizabeth XI Bauer Gallery em Londres, no Reino Unido. 


https://elizabethxibauer.com/exhibition-3x3/

O BASTARDO - NOVO ARTISTA REPRESENTADO

O BASTARDO
NOVO ARTISTA REPRESENTADO

Casa Triângulo tem o prazer de anunciar a representação do artista O Bastardo (Rio de Janeiro, 1997. Vive, trabalha e estuda entre o Rio de Janeiro, Brasil e Paris, França).

Nascido em 1997, O Bastardo se criou em Mesquita, município da Baixada Fluminense, periferia do Rio de Janeiro. Atuando, inicialmente, em linguagens urbanas, como o grafitti, o artista elabora um diálogo direto entre questões autobiográficas e o pensamento pictórico, conquista gestada entre vivências familiares e passagens por escolas de arte, como a EAV Parque Lage, Rio de Janeiro e atualmente Beaux-Arts de Paris.

Em pinturas recentes, as discussões travadas nas obras nos direcionam ao atravessamento entre práticas cotidianas do empoderamento de pessoas negras e gestos usuais de pertencimento a grupos sociais, como a bênção ou a descoloração do cabelo. Nas cenas dos retratos, em séries, como, Pretos de grife e Só Lazer, consumo, lazer e vaidade são algumas das identificações exibidas por grupos que, supostamente, estão ausentes desse tipo de representação.

Lazer e consumo configuram assuntos cada vez mais recorrentes em obras de artistas racializados, já que a história evidenciou os gestos de violência e sobrevivência como modo de inserção e denúncia às atrocidades perpetradas à maioria da população brasileira. O Bastardo faz de seu próprio nome, precedido por artigo definido, um vínculo de subversão de sua própria história, mantendo a palavra classificatória que, nas cenas das artes, passa a redirecionar o assunto e alertar para a prática de exotizar as margens.

NINO CAIS - OUTRAS HABITABILIDADES

NINO CAIS
OUTRAS HABITABILIDADES

Nino Cais participa da exposição coletiva Outras Habitabilidades, com curadoria de Carlos M Teixeira e Marconi Drummond, no Museu Casa Kubitschek, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A exposição têm como objetivo promover conexões entre o modernismo e a arte contemporânea através da integração do mobiliário do acervo do museu e as formas de morar modernistas com as poéticas contemporâneas e as formas de habitar da arte.

DANIEL LIE  - SLOW SPATIAL READER - CHRONICLES OF RADICAL AFFECTION

DANIEL LIE
SLOW SPATIAL READER - CHRONICLES OF RADICAL AFFECTION

Daniel Lie lança seu primeiro ensaio no livro Slow Spatial Reader - Chronicles of Radiacal Affection. A publicação oferece uma coleção de ensaios sobre abordagens "lentas" para prática espacial e pedagógica de todo o mundo. Os colaboradores do livro são de 24 países de 5 continentes. Com abordagens filosóficas e disciplinares distintas - de campos "espaciais" como arquitetura, escultura e instalação, mas também práticas performativas, somáticas e / ou dramatúrgicas -, explora como pensamos e nos envolvemos com o espaço em uma variedade de escalas, tempos e durações.

Autor / Editor: Carolyn F. Strauss (ed.)

 

https://www.valiz.nl/en/publications/slow-spatial-reader.html

ASSUME VIVID ASTRO FOCUS - ARTIGO

ASSUME VIVID ASTRO FOCUS
ARTIGO

Assume Vivid Astro Focus tem a sua exposição Hairy What? Hairy How?, na Tibor de Nagy, recomendada pelo New York Times com crítica de Roberta Smith.

https://www.nytimes.com/2021/06/30/arts/design/3-art-gallery-shows-to-see-right-now.html

GUILLERMO MORA - RESUMEN

GUILLERMO MORA
RESUMEN

Guillermo Mora apresenta sua exposição individual Resumen na galeria Palau de Casavells, em Girona, Espanha.

https://palaudecasavells.es/art-exhibitions/

THIAGO ROCHA PITTA - ESPERANÇA

THIAGO ROCHA PITTA
ESPERANÇA

Thiago Rocha Pitta participa da mostra Esperança, de curadoria de Simon Watson. A mostra é parte do projeto Luz Contemporânea.