IVAN GRILO
QUEM NÃO LUTA TÁ MORTO . ARTE DEMOCRACIA UTOPIA

MUSEU DE ARTE DO RIO, RIO DE JANEIRO, BRASIL

15.09.2018 - 26.05.2019

Ivan Grilo participa da exposição coletiva Quem Não Luta Tá Morto - Arte Democracia Utopia, com curadoria de Moacir dos Anjos, no Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil.

Sem ter pretensão de apresentar um panorama conclusivo, a mostra traz exemplos do pensamento utópico que marca a arte brasileira recente. Para apontar uma continuidade dos danos sofridos por parte da população, trabalhos artísticos realizados em momentos passados estarão também presentes na exposição. Ao lado deles, farão parte ainda da mostra propostas e ações realizadas por grupos comunitários, associações e outras articulações da sociedade civil que visam a construção de estruturas de atuação política e social.

VÂNIA MIGNONE
33ª BIENAL DE SÃO PAULO . AFINIDADES AFETIVAS

PAVILHÃO DA BIENAL, PARQUE IBIRAPUERA, SÃO PAULO, BRASIL

07.09.2018 - 09.12.2018

Vânia Mignone participa dos projetos individuais da 33ª Bienal de São Paulo – Afinidades Afetivas, com curadoria de Gabriel Pérez-Barreiro.

A 33ª Bienal de São Paulo busca um modelo alternativo ao uso de temáticas, privilegiando o olhar dos artistas sobre seus próprios contextos criativos. A mostra reúne, no Pavilhão da Bienal, doze projetos individuais e sete mostras coletivas organizadas por artistas-curadores.

A música popular brasileira e o cotidiano são inspirações para os trabalhos de Vânia Mignone (Brasil, 1967).

“Meu trabalho de desenho e pintura tem uma enorme influência da música popular brasileira. Achava a música que eu ouvia tão linda que precisava fazer algo, dentro dos meus recursos, que fosse tão bom quanto. E isso envolve também algo que a música tem: diferente do desenho e da pintura, ela entra por todos os lados. Você sente.

Para mim, essa série de pinturas é como se fosse uma emoção baseada em certos contextos do dia a dia, em informações, coisas que li, aprendi, escutei, e que se juntam e me fazem produzir um grupo de trabalhos. São individuais, mas vêm todos dentro de uma mesma ideia. Então não é exatamente uma série. É o resultado de um período. Tem alguma coisa muito rápida, um ar de que existiria uma sequência entre eles. Existe uma ideia de história em quadrinhos, de filme, de que todos eles têm um começo, um meio e um fim. Não têm, mas há esse ambiente.” [Vânia Mignone]

Clique aqui para mais informações.

SANDRA CINTO
MAM 70: MAM e MAC USP

MUSEU DE ARTE MODERNA, SÃO PAULO, BRASIL

04.09.2018 - 16.12.2018

Sandra Cinto participa da exposição coletiva MAM 70: MAM e MAC USP, com curadoria de Ana Magalhães, Felipe Chaimovich e Helouise Costa, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo, Brasil.

A mostra reúne obras, artistas e ações pioneiras que marcaram a trajetória da instituição. Fundado em 1948, o MAM São Paulo é um dos primeiros no Brasil dedicados a colecionar e exibir arte moderna. 

Clique aqui para mais informações.

SANDRA CINTO
SAUDOSA MALOCA

ALAMEDA CAMPINAS 737, SÃO PAULO, BRASIL

02.09.2018 - 08.09.2018

Sandra Cinto participa da exposição coletiva Saudosa Maloca, com curadoria de Alice Ricci, Angel Calvo Ulloa e Carolina Paz, na Alameda Campinas 737, São Paulo, Brasil.

ASSUME VIVID ASTRO FOCUS
EXPOSIÇÃO PRÊMIO PIPA 2018

MUSEU DE ARTE MODERNA DO RIO DE JANEIRO, RIO DE JANEIRO, BRASIL

01.09.2018 - 28.10.2018

Assume Vivid Astro Focus, finalista do Prêmio Pipa 2018, apresenta a exposição Avalanches Vulcões Asteróides Furacões no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil.

Os quatro finalistas da nona edição do Prêmio foram escolhidos entre os 70 artistas participantes deste ano. Arjan Martins, Eli Sudbrack, Romy Pocztaruk e Vivian Caccuri concorrem a uma doação total de R$130 mil – incluindo uma residência artística de três meses na Residency Unlimited, em Nova York – caso vençam a categoria principal da premiação, o Prêmio PIPA.

Clique aqui para mais informações. 

SANDRA CINTO
APAGAMENTOS

PROJETO FIDALGA, SÃO PAULO, BRASIL

01.09.2018 - 22.09.2018

Sandra Cinto participa da exposição coletiva Apagamentos, no Projeto Fidalga, São Paulo, Brasil.

SANDRA CINTO
THE INVISIBLE TELESCOPE . OBRA PÚBLICA PERMANENTE

UNIVERSITY OF SOUTH FLORIDA, TAMPA, EUA

01.09.2018

The Invisible Telescope (O Telescópio Invisível), obra pública permanente desenvolvida por Sandra Cinto, comissionada por fundos fornecidos pelo Florida's Art in State Buildings Program, para o terraço colaborativo da University of South Florida, Tampa, EUA.

DANIEL LIE E RODOLPHO PARIGI
VIA AÉREA

SESC BELENZINHO, SÃO PAULO, BRASIL

30.08.2018 - 02.12.2018

Centro de Morte para os Vivos (Daniel Lie e convidadas: Anerina da Costa, Carmen Cardoso e Jup do Bairro) e Fancy Violet (Rodolpho Parigi e equipe) participam da exposição Via Aérea, com curadoria de Márcio Harum, no SESC Belenzinho, São Paulo, Brasil.

Via Aérea é uma mostra coletiva que exibirá uma seleção de obras de doze artistas de diferentes nacionalidades, com artistas brasileiros e internacionais. Os trabalhos exibidos envolvem diferentes mídias como escultura, instalação, filme, fotografia e vídeo. A exposição apresenta projetos inéditos desenvolvidos especialmente para a ocasião, como a instalação Leste a Leste coordenada por Daniel Lie e o vídeo instalação Fancy Violet em Catwalk, de Rodolpho Parigi.

YURI FIRMEZA
ARTE-VEÍCULO

SESC POMPÉIA, SÃO PAULO, BRASIL

28.08.2018 - 02.12.2018

Yuri Firmeza participa da exposição coletiva Arte-veículo, com curadoria de Ana Maria Maia, no Sesc Pompéia, São Paulo, Brasil.

A exibição, que reúne 47 artistas e grupos estudados na pesquisa Arte-veículo, tem como proposta representar as intervenções midiáticas no contexto de uma instituição cultural. Para tal, a curadoria pretende misturar diferentes suportes na organização espacial da exposição, de documentos impressos e registros em vídeo a objetos e instalações. O projeto foge de uma narrativa cronológica para priorizar o entendimento de estratégias recorrentes dos artistas e grupos no decorrer desse intervalo histórico.

Para mais informações acesse o site: https://www.sescsp.org.br/programacao/162434_EXPOSICAO+ARTE+VEICULO

NINO CAIS
HABITA-ME

PALACETE 1922 (JORGE LOBATO), RIBEIRÃO PRETO, BRASIL

24.08.2018 - 09.08.2018

Nino Cais participa da exposição coletiva Habita-me, com curadoria de Paula Borghi, no Palacete 1922 (Jorge Lobato), Ribeirão Preto, Brasil.