Apresentação
Paul Setúbal explora os diferentes aspectos e força do corpo humano e sua condição como uma fisicalidade no mundo. Ao longo de sua produção fica clara a importância da presença de uma obra que se assemelhe à materialidade dos acontecimentos e dos objetos que nos cercam. As peças de Paul refletem sobre a impermanência da vida, do corpo e como isso nos transforma e afeta como parte do mundo. O artista também trabalha com símbolos representados em suas obras pelas lentes da cultura e religiões brasileiras. 
Obras
Biografia

Paul Setúbal [1987, Aparecida de Goiânia, Brazil, mora e trabalha em São Paulo, Brasil).

Seleção de exposições individuais: Bronze, Couro, Ouro, Sangue, Casa Triângulo, São Paulo, Brasil (2021); Corpo Fechado, C Galeria, Rio de Janeiro, Brasil (2018); Dano e Excesso, Andrea Rehder Arte Contemporânea, São Paulo, Brasil (2016); and Aviso de Incêndio, Elefante Centro Cultural, Brasília, Brasil (2015).

Seleção de exposições coletivas: Coleção Sartori - A arte contemporânea habita Antônio Prado, curadoria de Paulo Herkenhoff, MARGS - Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil (2022); Ninguém vai tombar nossa bandeira, ruas da cidade de São Paulo, São Paulo, Brasil (2021); Mário Pedrosa: 120 anos, Fundação Perseu Ábramo, São Paulo, Brasil (2021); No presente a vida (é) política, Central Galeria, São Paulo, Brasil (2020); Aparelho, Maus Hábitos, Porto, Portugal (2019); 36o Panorama da Arte Brasileira: Sertão, Museu de Arte Moderna (MAM), São Paulo, Brasil (2019); 29o Programa de Exposições, Centro Cultural São Paulo (CCSP), São Paulo, Brasil (2019); Demonstração por Absurdo, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil (2018); Arte, democracia, utopia: Quem não luta, tá morto!, Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil (2018); Osso, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil (2017); Videografias Performativas, Dragão do Mar, Fortaleza, Brasil (2017). 

Seleção de prêmios: Prêmio SP Arte Delfina Foundation, Londres, Reino Unido; Prêmio Foco, ArtRio, Rio de Janeiro, Brasil; 45° Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, São Paulo, Brasil; 20° Salão Anapolino de Arte, Anápolis, Brasil; 30° e 33° Arte Pará, Belém, Brasil.

Coleções públicas: Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil; Museu de Arte de Brasília, Goiânia, Brasil; Museu de Arte Contemporânea, Goiânia, Brasil e Fundação Romulo Maiorana, Belém, Brasil; Fundação Romulo Maiorana, Belém, Brasil.

exhibitions
Notícias
Art Fairs